Corrimão de Acessibilidade.
Norma ABNT 9050.

Corrimão de Acessbilidade

Corrimão de Acessibilidade.

Respeitando as normas para fazer da segurança o ponto principal

Aqui você encontrará os vários modelos de Corrimão de Acessibilidade que a Inoxcenter fabrica.

Produzimos e Instalamos essa estrutura em Aço Inox em locais como por exemplo:

  • Corrimão de Acessibilidade para Rampa.
  • Corrimão de Acessibilidade para Piscina.
  • Corrimão de Acessibilidade para Condomínio.
  • Corrimão de Acessibilidade para Lanchonete.
  • Corrimão de Acessibilidade para Hotel.
  • Corrimão de Acessibilidade para Academia.
  • Corrimão de Acessibilidade para Farmácia.
  • Corrimão de Acessibilidade para Supermercado.

Todos os nossos modelos atendem as Normas da ABNT (NBR 9050 / 2021) e também as do Corpo de Bombeiros.

Utilizamos as tubulações adequadas tanto para Área Comercial quanto Residencial.

Também Fornecemos e instalamos Barras de Apoio em Aço Inox e Barras de Transferência para Piscina.

Corrimão de Acessbilidade

Quais são as vantagens do Corrimão de Acessibilidade em Aço Inox?

O principal destaque em relação aos outros materiais disponíveis, é sem duvida, a durabilidade.

O Aço Inox é um material muito resistente e que não exige do cliente quase nenhuma manutenção.
Para maiores detalhes, enviamos junto com o produto um Manual de Manutenção e Limpeza.

A estrutura do Corrimão é inteiramente soldada, o que possibilita ainda mais resistência e uma garantia extra ao produto.

Em condições normais de utilização, o Aço Inox não enferruja e não precisa de pintura, o que torna-o a melhor opção de custo/benefício a médio e, principalmente, a longo prazo.

Como é feita a instalação do Corrimão de Acessibilidade?

Todo o processo começa com uma Visita Técnica ao local, antes mesmo da fabricação do produto.

Feito isso, a peça entra em produção e, logo depois, é agendada a data da instalação.

O processo de colocação é feito de acordo com cada Piso e Tipo de Ambiente, utilizando as ferramentas adequadas e mão de obra altamente especializada.

Para locais com grande circulação de pessoas e/ou com peças muito extensas sugerimos o Chumbamento.

Já em ambientes de pouca circulação ou para peças pequenas, fazemos a instalação com Flanges Maciças e Parafusos.

Depois de estruturadas, as peças passam por um processo de solda e ajustes, para que todas as distancias estejam de acordo com a Norma NBR 9050/2021 que recomenda a altura de 700 e 920 mm do Piso até o Topo do Corrimão.

O ultimo processo é o de Acabamento das Soldas e a Limpeza geral do Corrimão e do Local da Instalação.

Dessa forma, fornecemos todas as condições para que nossos clientes estejam em conformidade com a legislação e não tenham qualquer tipo de problemas com eventuais fiscalizações.

Corrimão de Acessbilidade

Quais são os modelos de Corrimão de Acessibilidade?

Existem duas opções básicas para Corrimãos de Acessibilidade.

Um é o modelo para Fixação em Parede, que é formado por dois tubos horizontais paralelos.
Eles são fixados a uma altura de 700 e 920 mm do piso respectivamente e a uma distancia de 40 mm em relação à própria parede.

O outro modelo básico é o Corrimão Fixado no Piso – seja através de flanges e parafusos ou por chumbamento.
Esse é composto por postes verticais (Balaústres) e os dois tubos horizontais paralelos.

A Norma da ABNT NBR 9050 atualizada em 2021 determina que todos os Corrimãos de Acessibilidade utilizem Tubulações Redondas com espessuras entre 30 e 45 mm.

Diante desse quadro, o tubo que acabou se tornando a melhor opção foi o de 38,10 mm ou 1 e 1/2″.

Com essa espessura conseguimos ótima firmeza na estrutura geral e uma empunhadura adequada para as pessoas que precisam fazer uso dos Corrimãos.

Em alguns casos há a necessidade de se utilizar tubulações um pouco mais grossas para os postes verticais, a fim de gerar mais resistência a base do Corrimão.

Existem situações em que é necessário o fechamento lateral do Corrimão para proteção de quem está utilizando a rampa ou escada.

Esse fechamento pode ser feito com mais travessas horizontais (geralmente com espessuras menores) ou mesmo com uma estrutura em vidro temperado.

Além de todos os detalhes acima citados, o Corrimão e o Guarda-Corpo de Acessibilidade precisam ter as extremidades recurvadas, sem arestas “vivas” e com um avanço de 300 mm tanto no começo, quanto no final da rampa, escada, etc…

Corrimão de Acessbilidade

Quem precisa do Corrimão de Acessibilidade?

A Inoxcenter tem atendido ao longo dos quase 15 anos de existência, diversas Empresas, Construtoras, Supermercados, Shopping Centers, Condomínios, Agências Bancárias, Drogarias, Lanchonetes, Academias, Casas de Repouso e os mais variados tipo de Comércios e Residências.

Quase todos os locais tem necessidade de instalar ou mesmo adaptar suas estruturas as atuais Normas de Acessibilidade.

Temos fornecido Corrimãos de Acessibilidade para Piscinas e Corrimão para Rampa a quase todas grandes Construtoras do País, contribuindo em seus projetos de mobilidade e beneficiando ainda mais as pessoas com necessidades especiais.

O Corrimão e o Guarda-Corpo de Acessibilidade se tornaram itens de extrema importância para a maioria dos Condomínios e Empresas, seja para adequação de alguma “área comum” ou mesmo para a liberação do “habite-se”.

Existem muitos casos de adaptação/adequação de ambientes e estruturas que já possuem Guarda-Corpos ou mesmo Corrimãos com apenas “uma altura” e onde há a necessidade da implementação do segundo Corrimão.

Qual a altura padrão para corrimão para cadeirante?

A Norma da ABNT NBR 9050 atualizada no ano de 2021.

Nesse ano ficou definido que as alturas padrão dos Corrimãos de Acessibilidade são 700 e 920 mm. de Altura.

Ela tem como objetivo melhorar a possibilidade e condição de alcance, percepção e entendimento para utilização, com segurança e autonomia, de espaços mobiliários, equipamentos urbanos, edificações, transportes, informação e comunicação, inclusive seus sistemas e tecnologias, bem como outros serviços e instalações abertos ao público, de uso público ou privado de uso coletivo, tanto na zona urbana como na rural, por pessoa com deficiência ou mobilidade reduzida.

Nesse LINK você pode conhecer com mais detalhes a nova legislação.